Pilates no solo


O pilates é muito usado para tonificar a musculatura corporal, fazer um realinhamento postural e alongá-lo integrando corpo e mente, para que os praticantes adquiram um corpo forte, harmonioso e saudável, sem falar que melhora e muito o humor de quem pratica esta atividade. O Pilates visa à qualidade e não a quantidade de repetições, tendo uma variedade de movimentos que devem ser feitos com concentração e consciência corporal, utilizando basicamente a força da gravidade sobre o corpo.

O pilates realizado no solo trabalha muito mais a postura

Pilates realizados no solo

A região abdominal é muito solicitada para a realização dos exercícios, que sincronizam a respiração com o movimento. Utilizado tanto para condicionamento físico como para reabilitação, seus movimentos são realizados de acordo com os princípios básicos da concentração, controle, precisão, respiração, fluidez, centramento e por fim a consciência corporal. Os exercícios de solo são os mais tradicionais sendo os que mais focam a ação da musculatura abdominal, podendo também ser praticados diretamente no solo ou com o auxilio de acessórios que além de ajudar desafiam o aluno a desenvolver força, flexibilidade e capacidade proprioceptiva. Estes acessórios são as bolas, rolos, flex ring (anel flexível), thera band (faixas elásticas), discos de rotação e equilíbrio e molas.


O Pilates no solo traz os mesmos benefícios do que o com a bola

Pilates no solo

Já os movimentos do Pilates Mat ou mais conhecido como Pilates Solo trabalham o seu corpo em diferentes graus de dificuldade, e por isso há a necessidade de uma avaliação do profissional para que possam ser administrados dentro da capacidade de cada um, ressaltando a importância da respiração na execução de cada movimento. Então para quem quer um exercício diferenciado e prazeroso para perder peso e também melhorar o condicionamento físico escolha o Pilates Solo que com certeza lhe trará diversos benefícios para o corpo e emocional também.

 


Café Verde para emagrecimento RÁPIDO!
Clique aqui e veja o video!

Deixe um comentário