A Panturrilha fica na perna e é conhecida como nosso segundo coração, pois tem a função de impulsionar o retorno venoso do sangue dos membros inferiores para outras partes do corpo, quanto mais forte, mais rapido será a fluência da circulação sangüínea.

As panturrilhas são tradicionalmente um dos mais difíceis grupos musculares de serem trabalhados. Considera-se isso uma questão de genética, ou você tem, ou não.

A panturrilha é composta por vários músculos, mas para um bom resultado no desenvolvimento dessa parte do corpo, o treino deve estar voltado especialmente para três músculos: Gastrocnêmio, Sóleo e Tibial anterior.

Todos os exercícios feitos para a panturrilha têm biomecanicamente a mesma função, porém a variação das séries estimula o sistema nervoso a fazer uma leitura diferente de cada exercício.

O gastrocnêmio é principalmente um músculo de fibras de contração rápida

O sóleo é principalmente um músculo de fibras de contração lenta

Se os exercícios forem feitos com as pernas esticadas, será trabalhado o sóleo e o gastrocnêmio

Se os exercícios forem feitos com as pernas dobradas, será trabalhado somente o sóleo

Exercitando a panturrilha com alongamentos, fortalecimento, condicionamento dos músculos, auxilia no tratamento de problemas circulatórios, trombose, varizes, câimbras,e também evita lesões e ajuda a reduzir a celulite.