Assim como para todas as pessoas os portadores de deficiências devem praticar exercícios físicos regulares e devem iniciar devagar, fazer três sessões de 10 minutos diariamente ou uma única sessão de 30 minutos. O exercício é muito importante, pois quanto mais exercícios físicos fizerem mais o corpo corresponde e o retorno será uma vida saudável, independente e prazerosa. Mesmo aqueles que precisem de auxílio para realizar exercícios, devem ter sempre em mente que ele é o responsável pelos cuidados com seu corpo.

As atividades físicas são muito importantes para os portadores de deficiências

Atividade Física para portadores de deficiências

A prática de atividades físicas pelos portadores de deficiência proporciona:
• estimular a independência e autonomia;
• melhorar a socialização com outros grupos;
• melhorar a autovalorização e a autoestima;
• melhoria na força e resistência muscular global;
• manutenção e promoção da saúde;
• aprimoramento da coordenação motora global;

 

Vendo que o exercício traz muitos benefícios aos portadores de deficiência física saiba quais são os esportes mais recomendados:

Judô:  segue as mesmas regras da Federação Internacional de Judô, com pequenas alterações por ser praticado por portadores de deficiência visuais, sendo assim a punição por pisar fora do tatame não ocorre. A prática deste esporte consiste em que saber utilizar a força do adversário é mais importante do que aplicar a própria força.

Os deficiências de deficiências físicas precisam praticar exercícios físicos

Portadores de deficiências precisam praticar exercícios físicos

Natação: esta modalidade é voltada para amputados, portadores de paralisia cerebral, deficiências visuais, paraplégicos e outros. As competições são divididas de acordo com as deficiências dos atletas que são três: visuais, deficientes físicos e deficientes cerebrais

 Tiro: para amputados, portadores de paralisia cerebral e cadeirantes. Nesta modalidade os atletas atiram de posições diferentes daquelas determinadas pelas normas internacionais. Os atiradores podem praticar os seus disparos sentados ou em pé devido a um sistema que equipara as chances dos atletas.

Vela: modalidade voltada para amputados, cadeirantes, portadores de deficiência visual, paralisia cerebral e outros.