Exercícios físicos ajudam quem tem asma


A asma hoje atinge 10% da população brasileira e é responsável por 400 mil internações e 2 mil mortes por ano, de acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai). O estudo avaliou por três anos, 101 pacientes adultos, com idade entre 20 e 50 anos, em tratamentono hospital.

Mais de 10% da população brasileira sofre de asma

Asma

Na primeira etapa, todos participaram de um programa educacional, com ênfase no controle de fatores ambientais, uso correto da medicação durante o tratamento e automonitorização dos sinais da doença. Em seguida, os voluntários foram divididos em dois grupos.

O primeiro passou por um tratamento fisioterápico, com a realização de exercícios respiratórios e treinamento aeróbico, além de acompanhamento clínico.  As atividades físicas ocorreram duas vezes por semana, durante 30 minutos, por três meses. O outro grupo só recebeu exercícios respiratórios e acompanhamento clínico.

Em ambos os casos, a medicação não foi alterada. Os participantes que colocaram o corpo em ação tiveram menos sintomas de asma e melhoraram a qualidade de vida, especialmente no inverno, quando os incômodos se intensificam.


De 16 crises por mês, passaram a apresentar seis. Ansiedade e depressão, comuns em asmáticos, também foram atenuadas. Os pacientes que se mantiveram sedentários não apresentaram mudanças no quadro clínico. Os médicos explicam que a atividade física, na maioria das vezes, é considerada vilã para quem tem a patologia por ser um dos fatores desencadeantes mais comuns de crises.

Os exercícios para quem tem asma são quase milagrosso

Exercícios para asma

No entanto, quando realizada corretamente, pode ser benéfica. A equipe médica quer compreender a influência do exercício aeróbico no processo inflamatório pulmonar. Uma das hipóteses é que reduza a resposta alérgica e aumente a produção de mediadores anti-inflamatórios, como já foi verificado em estudos com animais, daí a diminuição das crises.


Café Verde para emagrecimento RÁPIDO!
Clique aqui e veja o video!

Deixe um comentário